Convento de São Domingos de Elvas

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADPTG/MON/CVSDELV
Title type
Formal
Date range
1347-05-23 Date is certain to 1833-08-02 Date is certain
Dimension and support
16 cx.
Biography or history
Este convento, a sexta casa da Província de Portugal da Ordem de São Domingos, teve a sua primeira fundação, em data incerta, junto à capela de Nossa Senhora da Graça, nos arredores de Elvas.

Daí passaram os religiosos, em 1266, para junto da então ainda vila, fixando-se num chão junto aos muros velhos, que para o efeito lhes foi doado por Estêvão Martins, cidadão honrado de Elvas, em Abril daquele ano.

A essa propriedade vieram juntar-se, no mesmo mês, outros pedaços de terra confinantes doados por Rui Pais e Rodrigo Pelágio.

No ano seguinte, a 20 de Fevereiro, o rei D. Afonso III que numa verba do seu testamento se reconheceu como fundador do convento - Item fratribus Predicatoribus de Elvis centum Liberas, quia Ego fundavi monasterium illud in hereditate mea - cedeu aos dominicanos a Igreja de Nossa Senhora dos Mártires, templo cuja fundação foi autorizada por carta pastoral do bispo de Évora, passada em Santarém, em 26 de Julho de 1267.

Com os anos e a protecção real de D. João II, D. Manuel e, especialmente, de D. João III que lhe fez doação de duzentos mil cruzados e de algumas rendas do concelho para o restauro do convento cresceu este em privilégios e património, tornando-se num dos grandes proprietários da comarca.

O imóvel que sofreu grandes alterações no séc. XV e posteriores foi secularizado em 1834.

Em 1902 foi doado à Santa Casa da Misericórdia de Elvas para nos seus terrenos se construir uma praça pública.
Custodial history
Documentação transferida da Direcção de Finanças do Distrito de Portalegre para o Arquivo Distrital de Portalegre, em cumprimento do disposto na alínea a) do § 1º do art.º 26 do decreto com força de lei n.º 19952, de 27 de Junho de 1931. A documentação deu entrada no Arquivo Distrital em Março de 1938.

Outra parte da documentação, também proveniente da Direcção Distrital de Finanças de Portalegre, foi incorporada no Arquivo Distrital de Portalegre em Abril de 1998.
Acquisition information
Incorporação directa proveniente da Direcção de Finanças do Distrito de Portalegre.
Scope and content
Inclui cartas de padrão, pagamentos de juros; escrituras de aforamento, compra e venda, dívida, arrendamento, trespasse, doação, arrematação, testamentos, sentenças, instituição de capela.
Accruals
Não estão previstos quaisquer ingressos adicionais.
Arrangement
Séries cronologicamente ordenadas
Access restrictions
Acesso condicionado pelo estado de conservação dos documentos.
Conditions governing use
Reprodução condicionada pelo estado de conservação dos documentos.
Language of the material
por, lat, ita
Physical characteristics and technical requirements
Contém alguns documentos em mau estado de conservação.
Other finding aid
DIGITARQ
Related material
Portugal, Arquivo Distrital de Portalegre, Administração do Concelho de Elvas (F)

Portugal, Arquivo Distrital de Portalegre, Provedoria da Comarca de Elvas (F)

Portugal, Arquivo Distrital de Portalegre, Repartição da Fazenda do Concelho de Elvas (F)

Portugal, Arquivo Distrital de Portalegre, Repartição da Fazenda do Distrito Administrativo de Portalegre (F)

Biblioteca Municipal de Elvas

Portugal, Torre do Tombo, Mosteiro de São Domingos ou de Nossa Senhora dos Mártires de Elvas (F)
Notes
Título alternativo: Convento de Nossa Senhora dos Mártires de Elvas
Creation date
11/19/2007 12:00:00 AM
Last modification
10/31/2018 11:47:54 AM