Convento do Bom Jesus de Monforte

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADPTG/MON/CVBJMFT
Title type
Formal
Date range
1652-01-10 Date is certain to 1836 Date is certain
Dimension and support
6 u.i.
Biography or history
Esta casa da Província de Portugal das claustrais da Ordem de São Francisco, oficialmente reconhecido por uma bula do papa Leão X, em 1520, foi fundado a partir de um recolhimento instituido entre 1513 e 1515 por Fernão Zebreiro Moutoso, capelão do terceiro duque de Bragança, prior da igreja de Alter do Chão e beneficiado na igreja de Santa Maria Madalena, de Monforte e por suas irmãs Beatriz e Inês Zebreiro.

Em 1523, o mesmo fundador fez, no seu testamento, cedência às freiras do convento e propriedades anexas com obrigação de cumprimento de um legado pio.

Durante o século seguinte, por ocasião das Guerras da Restauração, as dificuldades experimentadas pelas religiosas levaram o rei D. João IV a conceder-lhes um auxílio de trezentos mil reis, de modo a garantir a sobrevivência da congregação.

No séc. XVIII, graças ao afluxo de capitais disponibilizados pelo então desembargador e intendente dos diamantes em Serra Fria, no Brasil, doutor Plácido de Almeida Moutoso, da família do fundador do convento, este atravessou o seu período de maior esplendor datando dessa época a reconstrução e revestimento azulejar da sua igreja.

Na sequência do decreto de extinção das ordens religiosas, o convento foi encerrado em 12 de Junho de 1862 e o imóvel e cerca passaram para a tutela do Ministério dos Negócios da Fazenda, ficando depois na posse dos marqueses da Praia e Monforte.

O convento que inicialmente se encontrava sob a obediência do bispo de Elvas foi incorporado na Província dos Algarves, da Regular Observância, em 1552.
Custodial history
Documentação transferida da Direcção de Finanças do Distrito de Portalegre para o Arquivo Distrital de Portalegre, em cumprimento do disposto na alínea a) do § 1º do art.º 26 do decreto com força de lei n.º 19952, de 27 de Junho de 1931. A documentação deu entrada no Arquivo Distrital em Março de 1938.
Acquisition information
Incorporação directa proveniente da Direcção de Finanças do Distrito de Portalegre.
Scope and content
Inclui escrituras e tombos de propriedades.
Accruals
Não estão previstos quaisquer ingressos adicionais.
Arrangement
Organizado em séries cronológicamente ordenadas.
Access restrictions
Acesso condicionado pelo estado de conservação dos documentos.
Conditions governing use
Reprodução condicionada pelo estado de conservação dos documentos.
Language of the material
Português
Physical characteristics and technical requirements
Contém alguns documentos em mau estado de conservação.
Other finding aid
DIGITARQ, catálogo
Related material
Arquivo Distrital de Portalegre, Provedoria da Comarca de Portalegre (F)

Biblioteca Municipal de Elvas

Biblioteca Nacional, Ordem dos Frades Menores (Franciscanos), Bom Jesus, Monforte (Col.)

Portugal, Torre do Tombo, Convento do Bom Jesus de Monforte (F)