Convento de São Bento de Avis

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADPTG/MON/CVSBAVS
Title type
Atribuído
Date range
1505 Date is certain to 1832 Date is certain
Descriptive dates
1505 - séc. XIX
Dimension and support
138 u.i. (21 liv., 117 mç.)
Biography or history
O Convento de S. Bento de Avis, cabeça do ramo militar da ordem beneditina, foi fundado nos primeiros anos do séc. XIII, na sequência da doação feita por D. Afonso II, em 30 de Julho de 1211, a D. Fernão Eanes, mestre da então Ordem de Évora, de loco qui vocatur Avis, com a condição dos monges fortificarem e povoarem o local.

Em Abril de 1214, como decorre dum instrumento de composição entre o Bispo de Évora, D. Soeiro II e o mencionado Fernão Eanes, já então reconhecido como Mestre da Ordem de Avis, o convento achava-se já ocupado.

A ordem, inicialmente da obediência da Ordem de Calatrava, tornou-se independente no reinado de D. João I. Sede da ordem, nele residiram os Mestres até à incorporação do seu governo e administração na esfera da Coroa. Após 1551, a sua administração passou para a competência da Mesa de Consciência e Ordens.

O convento, situado a nascente da vila, junto às muralhas, foi sucessivamente acrescentado e modificado entre os sécs. XV e XVIII, nada restando da sua traça original.

Secularizado pelo Decreto de 30 de Maio de 1834, o convento foi parcialmente desmantelado para extracção de materiais com que se construiram muitos dos edifícios da vila. A parte remanescente é, actualmente, ocupada por residências particulares, pelo Tribunal da Comarca, pela Repartição de Finanças, pela Câmara e Museu Municipal, por estabelecimentos comerciais e por serviços da Santa Casa da Misericórdia. Foi declarado imóvel de interesse público por decreto de 16 de Junho de 1949.

A igreja do convento, da invocação de Nossa Senhora da Orada é, desde 1834, a matriz de Avis.
Custodial history
A documentação proveniente do convento de São Bento de Avis ficou, após a extinção das ordens religiosas, à guarda do Governo Civil de Portalegre, sendo posteriormente remetida à Torre do Tombo. Outra parte do acervo foi incorporada na Biblioteca Nacional de onde transitou para o Arquivo Nacional, em 1912. A documentação existente no Arquivo Distrital de Portalegre, onde deu entrada em 1938, proveio da Direcção de Finanças do Distrito de Portalegre enquanto entidade sucessora da anterior Repartição da Fazenda do Distrito Administrativo de Portalegre.
Acquisition information
Incorporação directa proveniente da Direcção de Finanças do Distrito de Portalegre.
Scope and content
Inclui documentação produzida e acumulada entre os sécs. XVI e XIX, maioritariamente sécs. XVII e XVIII. A documentação abrange, em termos geográficos, uma vasta área compreendida nos actuais distritos de Portalegre (Alter Pedroso, Avis, Benavila, Cabeço de Vide, Ervedal, Figueira de Barros, Galveias, Casa Branca, Fronteira, Montargil), Évora (Cabeção, Juromenha, Pavia, Vila Viçosa), Castelo Branco (S. Vicente da Beira), Coimbra (Penela), Guarda (Seixo Amarelo), Santarém (Pernes) e em Espanha (Olivença). Contém numerosas referências a microtopónimos.

Reflecte a organização interna da instituição (cartas, alvarás e provisões régias), a sua dimensão patrimonial e respectivas práticas de gestão (tombos de bens, escrituras de compra, venda, aforamento, arrematação, troca, emprazamento, juros e doação, certidões, receitas e despesas), a sua personalidade fiscal (impostos e contribuições civis e eclesiásticos), as relações com outras entidades (acordos, sentenças, autos cíveis) e a criação de benefícios (tombos de bens das comendas).
Accruals
Não estão previstos quaisquer ingressos adicionais.
Arrangement
Organizado em séries cronológicamente ordenadas.
Access restrictions
Acesso condicionado pelo estado de conservação dos documentos.
Conditions governing use
Reprodução condicionada pelo estado de conservação dos documentos.
Language of the material
Português e latim.
Physical characteristics and technical requirements
Contém alguns documentos em mau estado de conservação.
Other finding aid
Inventário provisório.
Related material
Portugal, Arquivo Distrital de Portalegre, Repartição da Fazenda do Distrito Administrativo de Portalegre (F)

Portugal, Arquivo Distrital de Portalegre, Repartição da Fazenda do Concelho de Avis (F)

Biblioteca Pública de Évora, Fundo Geral

Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Avis

Portugal, Torre do Tombo, Mesa da Consciência e Ordens (F), Gavetas (IV)